MIBE - Quase, quase!

 

É já na próxima semana que os nossos alunos de 6.º ano vão receber, na Escola Básica de Porto Alto, a simpática escritora Manuela Ribeiro que nos virá falar dos seus livros, estes e outros, que ela escreve lindamente para todos os gostos!

MIBE - Apresentação da obra "Pétalas do Mundo"

 







As comemorações do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares iniciou-se, no nosso agrupamento, com a atividade on line «Pétalas do Mundo», um projeto pedagógico de Educação para a Interculturalidade e que tem como principais temáticas a Migração, a Discriminação e os Refugiados. É composto por um livro infantil, por três músicas desenvolvidas com base na narrativa e destinou-se aos nossos alunos do 1.º e do 2.º anos, do 1.º ciclo do Ensino Básico.


 


Dia Mundial do Animal



O Dia Mundial do Animal é comemorado anualmente em 4 de outubro, data que corresponde ao dia de São Francisco de Assis, santo padroeiro da ecologia e dos animais. 

Este dia tem como objetivo chamar a atenção para a condição e bem-estar dos animais, a fim de tornar o mundo um lugar melhor para todos eles.

Esta data foi celebrada pela primeira vez em 1925. 

Presentemente, é reconhecida mundialmente, independentemente das orientações religiosas ou políticas dos diversos países.
















Dia Nacional da Água


 

O Dia Nacional da Água comemora-se a 1 de outubro , o dia que marca o início do ano hidrológico .

O Dia Nacional da Água é um dia de reflexão sobre os recursos hidrológicos e sobre a sua gestão a nível nacional. A gestão da água abarca vários setores, desde a saúde à alimentação, da energia à indústria e outros, sendo da responsabilidade de todos preservar este recurso.

Neste dia, organizam-se múltiplas iniciativas em Portugal com a água, o recurso essencial à vida, em destaque. Colóquios sobre a água, visitas a estações de tratamento de água, concertos, exposições, workshops, animação para crianças, experiências, mercadinhos, são exemplos de iniciativas realizadas no Dia Nacional da Água.

Já em março celebra-se o Dia Mundial da Água , criado pela ONU.

Parceria Hidrodinâmicas

 Parceria Hidrodinâmicas


  
 
    Hoje, dia  30 de setembro, mais de uma centena de alunos das escolas do município, esteve no parque ribeirinho de Benavente, a participar em atividades relacionadas com o tema "Água". Foram abordados aspetos  da pegada hídrica, poupança e preservação.    
    Estes alunos têm, agora, a missão de partilhar os conhecimentos e aprendizagens com toda a comunidade educativa.
    Força, gotinhas! O planeta precisa de vós!


Textos vencedores - 2021/2022

 

E cá estão eles, os 3 fantásticos textos que a Ajudaris escolheu para editar no seu próximo livro solidário.

Parabéns aos meninos lindos e às professoras que os motivaram, desenvolvendo a sua imaginação e promovendo a escrita!

“A água é vida”

 A água é importante,

Sem ela não podemos viver,

Ela serve para tomar banho,

 E para fazer o comer.

 

Todos gostamos de água,

É o alimento mais saudável,

Mas só a podemos beber,

Se for a água potável.

 

Ao escovares os dentes,

 Um copo deves usar,

Só deves usar a água.

Para poderes bochechar.

 

No planeta, há 4% de água doce,

Sendo ela uma matéria prima,

Temos de a proteger,

Para no futuro podermos viver.

 

 A água é preciosa,

Um bem essencial,

Se a formos desperdiçar,

Vai correr muito mal.

 

Então temos uma conclusão:

A água devemos poupar!

Vamos utilizar boas práticas,

Para o planeta podermos salvar!

 

Turma 4º E5 (Escola Básica da Fonte dos Escudeiros)


As gotinhas com superpoderes”

 

Era uma vez três gotinhas de água com superpoderes e muito aventureiras que percorriam o Mundo, pulando de nuvem em nuvem. Durante as suas viagens, foram vendo tudo o que estava a acontecer no Planeta Terra e como os seus habitantes o estavam a destruir.

Muito tristes com o que viram, sentaram-se numa nuvem a conversar sobre o que estava a acontecer.

Nenhuma das gotinhas queria acreditar que os humanos continuavam a lavar os dentes, a tomar duche, a lavar a loiça sempre com a torneira aberta; continuavam a fazer piqueniques, a ir à praia e no final do dia deixavam o lixo espalhado pelo chão; continuavam a não reciclar; a andar de carro em percursos curtos quando poderiam fazê-los a pé ou de bicicleta; e ainda não tinham resolvido o problema dos fumos e dos esgotos das fábricas que estão a poluir o ar e a água dos rios e dos oceanos.

As três gotinhas fartas de verem os seres humanos a desperdiçar água e a destruir o Planeta Terra decidiram usar os seus superpoderes.

Uma das gotinhas criou um espelho de água no céu e mostrou a todos os habitantes da terra o que estava a acontecer no planeta e todos os comportamentos errados que estavam a adotar.

Outra das gotinhas teletransportou os habitantes da Terra para o futuro e mostrou-lhes o que iria acontecer ao planeta se continuassem a poluir e a desperdiçar água.

A última gotinha tinha o poder de entrar no sonho das pessoas enquanto dormiam e mostrou-lhes todos os comportamentos que deveriam ter para proteger o Planeta e a vida de todos os seres vivos.

Os seres humanos ficaram muito assustados pois viram que o Planeta Terra iria ficar sem vida e deixar de existir. Então, começaram a seguir os conselhos da última gotinha e a fazer de tudo para proteger a Terra da poluição e da falta de água.

Gotinha a gotinha vamos poupar aguinha.

Turma 3º E2- EB1 das Acácias 

“O Lago”

 

O veado, o elefante, a cobra e o pica-pau, foram até ao lago fazer um piquenique.

Quando lá chegaram, comeram e brincaram tanto, que adormeceram de cansaço. Quando o elefante acordou, deu uma trombada tão forte que acordou os amigos.

- Que se passa? Queres matar-nos de susto? – perguntou a cobra.

            - A água do lago desapareceu! – disse o elefante.

            Os amigos olharam e ao verem que o lago estava vazio ficaram aflitos. De repente, apareceu o tucano, o animal de estimação do Mago.

            - Ajudem por favor! Ajudem! – disse o tucano.

            - Não vês que a água do lago desapareceu?! – respondeu o veado.

            - Mas eu sei o que aconteceu! O Mago fez um feitiço para limpar o lixo do mar, mas enganou-se nas palavras e em vez do lixo desaparecer, foi a água da nossa ilha que sumiu. – disse o tucano.

            Os amigos foram até à casa do Mago, para saberem como podiam ajudar.

            - Já sabemos o que aconteceu, e agora? – perguntou a cobra.

            - Preciso de pedras do fundo do lago e do livro “Desfeitiçaria”, mas existem milhares de livros na biblioteca, nunca mais o vou encontrar! – disse o Mago.

            - Nós ajudamos! – disse o pica-pau.

Então o Mago levou-os até uma sala, carregou num tijolo solto e a lareira abriu-se. Eles entraram num corredor estreito, que ia dar à biblioteca.

- Eu não cabo aí! – disse o elefante.

- Tu vais ao lago buscar as pedras e nós procuramos o livro. – disse o Mago.

Estavam eles muito atarefados à procura do livro, quando o veado se desequilibrou, caiu, bateu nas estantes e, … catrapus, os livros caíram todos em cima dele.

- Estás bem? – perguntou o Mago.

- Sim, ajuda-me a levantar! – disse o veado.

- Deixa tirar o livro que está nas tuas hastes! … olhem! – disse o tucano.

- O que foi? – perguntou a cobra.

Caixa de texto: Agrupamento de Escolas de Samora Correia – Centro Escolar do Porto Alto		1.º B4O tucano virou o livro para os amigos e nele estava escrito “Desfeitiçaria”.

 

1.º B4 (Escola Básica n.º 2 de Porto Alto

MIBE - Quase, quase!

  É já na próxima semana que os nossos alunos de 6.º ano vão receber, na Escola Básica de Porto Alto, a simpática escritora Manuela Ribeiro ...

Publicações mais vistas