Mensagens

A mostrar mensagens de 2012

E temos também este...

Imagem
Mais uma vez, decorrerá, na escola, a 1.º fase do Concurso Nacional de Leitura, cujo regulamento podem os alunos consultar.  Quem gosta de ler e quem pretende ser um futuro "gostador" de livros tem aqui a sua oportunidade de participar numa atividade que culminará com uma disputa a nível nacional, depois das eliminatórias a nível de escola e a nível regional. Obras a concurso: - “Saga”, in Histórias da Terra e do Mar de Sophia de Mello Breyner Andresen (Texto integral disponível também no portal do agrupamento)
 - A Lua de Joana de Maria Teresa Maia Gonzalez
- História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar de Luís Sepúlveda

Boas Leituras!

Concurso de Poesia

Imagem
Como já vem sendo hábito, também este ano se realizará o Concurso de Poesia, aberto a toda a comunidade escolar. Pais e encarregados de educação, alunos e funcionários das escolas podem dar o seu contributo para esta atividade, participando de acordo com o regulamento publicado aqui.
Contamos com todos!
Afinal, somos ou não somos um país de poetas?!



Maratona de Cartas

Imagem
Está a decorrer na última semana de aulas, no nosso agrupamento de escolas, uma atividade no âmbito da Amnistia Internacional, denominada "Maratona de Cartas". Comemora-se, hoje, o Dia Mundial dos Direitos Humanos e a Amnistia Internacional propõe a todos um desafio:  uma iniciativa global  que pretende, anualmente, promover o envio massivo de cartas e postais por ativistas de todo o mundo, contra as violações de direitos humanos. De 7 a 16 de dezembro milhares de pessoas espalhadas pelo mundo terão a oportunidade de assinar cartas em prol de indivíduos em risco. O objetivo é chamar a atenção para estes casos, o que geralmente resulta numa melhoria das condições dos indivíduos visados, como já verificámos em anos anteriores. Este ano, pretende-se conseguir influenciar o destino de: ALES BIALIATSKI (BIELORRÚSSIA)Ales Bialiatski é um proeminente defensor de direitos humanos da Bielorrússia e presidente do Centro de Direitos Humanos Viasna. Foi detido a 4 de agosto de 2011, e cump…

Gostámos muito

Imagem
Decorreram no dia 22 de Novembro as atividades no âmbito do "18 de novembro - Dia Mundial em Memória das Vítimas nas Estradas". A nossa Biblioteca enfeitou-se de carrinhos (carinhosamente elaborados pelo prof. Jorge Matias e pelos seus alunos do 6.º B) e demos as boas-vindas ao responsável pela Proteção Civil do concelho de Benavente, Nuno Rolo, muito bem acompanhado por um soldado da paz e pelos elementos da "Escola Segura". Em conjunto, conseguiram prender a atenção dos nossos alunos, impressioná-los e alertá-los para este flagelo das estradas do nosso país.
Ficam algumas imagens, com o nosso sincero agradecimento pela sua presença.








18 de novembro - Dia Mundial em Memória das Vítimas nas Estradas

Imagem
Ontem, no dia em que se assinalou o Dia Mundial em Memória das Vítimas das Estradas, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR)  que reúne números da PSP e GNR, indicou que, entre 1 de Janeiro e 7 de Novembro deste ano, 502 pessoas morreram em acidentes rodoviários, menos 81 que no mesmo período de 2011, em que morreram 583. 
Os números da ANSR indicam também que os desastres causaram 1.742 feridos graves, menos 15,8 por cento do que em 2011, quando ficaram gravemente feridas 2.071 pessoas. A ANSR diz também que até 7 de Novembro foram contabilizados 33.127 feridos ligeiros, contra os 34.040 do ano passado, representando uma diminuição de 2,6 por cento. Estes dados dizem respeito às mortes no local do acidente ou durante o percurso para o hospital e não incluem as regiões autónomas dos Açores e da Madeira. O Dia Mundial em Memória das Vítimas das Estradas, que este ano se assinalou com o tema “Hoje é dia de aprender com o passado”, foi relembrado ontem em várias cidades do p…

OH!

É com tristeza que referimos que não houve candidaturas com relevância ao concurso "Batiza o Blogue"... Acreditamos na criatividade dos nossos alunos e estamos certos que, com algum empenho, poderíamos ter obtido propostas de nome muito engraçadas para este espaço. Como isso não aconteceu, a equipa da biblioteca pensará numa denominação e anunciá-la-á brevemente.

Com castanhas

Imagem
Estamos na altura das castanhas. Cozidas, assadas, em sopa, como acompanhamento, este alimento tem acompanhado a cultura ocidental desde tempos imemoriais. Presume-se que este fruto tenha a sua origem na Ásia Menor e já acompanha a humanidade desde há 100 mil anos! As castanhas são ricas em vitamina C, B6 e uma boa fonte de potássio. Para variar, vamos experimentar esta sopinha? 

Halloween

Imagem
Decorreu no passado dia 31 de outubro um concurso de abóboras e máscaras alusivas ao Halloween, dinamizado pelas docentes de Inglês da Escola EB 2,3 Professor João Fernandes Pratas. A nossa escola vestiu-se a preceito e assustou com tantos trabalhos de muita qualidade. 


"Menos Dis"

Imagem
Há já alguns anos, o Gabinete de Psicologia, juntamente com um conjunto de professores do Ensino Especial e de Português da Escola 2,3 do Professor João Fernandes Pratas, implementaram um projeto que tinha por objetivo apoiar, de forma específica, os alunos que revelavam dificuldades de leitura e/ou de escrita. Desde então, em todos os anos letivos, estes alunos têm sido apoiados por uma equipa especializada, composta por docentes de português, que têm formação apropriada para os ajudar nas suas dificuldades.  A Dislexia, a Disortografia, a Disgrafia, a Discalculia e a Dislália são transtornos de aprendizagem que prejudicam a capacidade de ler e/ou escrever ou proceder a operações de cálculo e causam muitas contrariedades e mau estar nos nossos alunos. Eles necessitam de apoios específicos, que ajudam a melhorar substancialmente a autoestima dos nossos jovens. Quem tem estas perturbações de aprendizagem não é doente, apenas precisa de ser ajudado de forma diferente.  Em ambas as esco…

Então?

Imagem
Estás a esquecer-te do nosso concurso "Batiza o blogue"? Não podes! Precisamos muito da tua ajuda!

Portal da Rede Concelhia de Bibliotecas Escolares de Benavente

Realizou-se, no dia 23 de outubro, na biblioteca Odete e Carlos Gaspar, em Samora Correia, a apresentação do Portal e a assinatura do protocolo da Rede Concelhia de Benavente. Este evento contou com a presença das seguintes entidades:  Diretor adjunto da DRELVT,  Vice-Presidente da Câmara Municipal de Benavente, Bibliotecária Municipal, Diretores dos Agrupamentos de Escolas de Benavente, Diretora do Centro de Formação de Associação de Escolas de Benavente (Educatis), professoras bibliotecárias, alunos, professores e população, em geral. Para celebrar a data, realizou-se um momento de poesia, dita por alunas da Escola Básica Professor João Fernandes Pratas, de Samora Correia.

Dia Internacional da Erradicação da Pobreza - trabalhos dos alunos

Como consegues dormir sem pensar naquelas crianças que se deitam com fome? Como consegues dormir com tanto sangue por este mundo fora? Como consegues dormir bem quando há crianças na guerra e a trabalharem por um bocado de pão? Como consegues fazer birras por uma roupa bonita ou uns sapatos, quando há aqueles que andam descalços?
O mundo muda a cada gesto teu. Não fiques à espera de Deus, pois não há mudança sem a tua ação!

                                               Ana Louro  9.º ano turma C

Dia Internacional da Erradicação da Pobreza - trabalhos dos alunos

A História da Rita
Olá meninos! Estão Bons? Eu sou a Patrícia  tenho 14 anos e venho cá à biblioteca contar-vos a história da minha grande amiga Rita. A Rita nasceu na Índia, no dia 3/2/2004, tem agora 8 anos. Quando a Rita nasceu, os seus pais eram muito pobres. Então, assim que saíram do Hospital, como não tinham casa, foram morar para a rua. A Rita e os seus pais dormiam na rua, no chão, tapados com caixotes de papelão. Com os seus três anos e meio, a Rita começou a trabalhar em armazéns. No primeiro armazém, ela fazia fios, sapatos, pulseiras e brincos. No segundo, fazia tudo isto e ainda fazia bonecas. No terceiro, fazia matrafonas ( bonecas de pano ) e roupas. Assim, começaram a juntar dinheiro para viajar. Com todo o dinheiro que ela ganhava, ao fim de 3 anos de trabalho, tinham 5 mil euros para viajar para Portugal. Quando chegaram, foram para a rua e eu e os meus pais encontramo-los. Como pareciam ser boas pessoas e não tinham ninguém, eu e os meus pais convidámo-los para virem morar…

Dia Internacional da Erradicação da Pobreza - trabalhos dos alunos

Senhora e senhor, Tanto sofrimento e dor já viram como vai o mundo? A destruir-se a cada segundo.
Crianças a morrer, Muita gente a sofrer, Pessoas sem comida E vós na melhor vida!
Vossos filhos a passear manuais E alguns deles só sabem sinais. Vosso filhos nas aulas a brincar, Eles nem escola têm para estudar!
Computador, telemóvel e televisão, Para eles uma pedra serve de diversão! Sorrir, cantar e dançar, Eles só sabem sofrer e chorar!
Muita roupa no armário, Eles nem têm uma peça de vestuário! Roupa quente e roupa fria, Eles andam iguais de noite e de dia!
Vacinas não gostas de levar, Eles nem  comprimidos têm para tomar! Se bem não te sentires, vais ao hospital, E aqueles desgraçados num sofrimento fatal!
Uma casa quente e confortável, Eles numa barraca fria e desagradável! À noite te vais deitar, para um novo dia chegar, E eles como medo de nem sequer chegarem a acordar.
Depois disto tudo escutar, Temos muito que mudar Para fazermos os outros felizes E não sermos só donos dos n…

Dia Internacional da Erradicação da Pobreza - trabalhos dos alunos

"O que o sonho faz: Era uma vez uma menina muito pequenina que era muito feliz, tinha tudo o que querida, tudo o que sonhava, ou seja, uma verdadeira menina mimada. Esta menina fazia bastantes birras, estava sempre a ralhar com os pais porque queria uma coroa, um novo vestido, todos os luxos e mais alguns. Um dia, os pais desta menina foram despedidos e deixaram de poder dar-lhe tudo quanto ela queria. Ela, como não suportou a ideia dos pais deixarem de lhe poder dar tudo, desatou a rasgar todos os seus vestidos e tudo quanto lhe aparecia à frente. O seu pai, como não gostou nada da sua atitude, mando-a ir imediatamente para o seu quarto, pensar no que acabara de fazer e que pensasse nas crianças que nem se quer têm nada para comer, quanto mais para brincar. Então, vai para o quarto e adormece, A menina começava a sonhar que acorda entre uns velhos papelões, vestida de princesa, olha em seu redor e não vê absolutamente ninguém, só  a escuridão do céu a redor. Então,  passa pela mon…

Dia Internacional da Erradicação da Pobreza - trabalhos dos alunos

"Mas porquê? Mas porquê tanta pobreza e crueldade num mundo tão pequeno? A vida é tão curta, e o aproveitamento que dela se faz tão banal...Viro-me para a esquerda, está uma criança a fazer uma birra enorme em plena rua, para lhe comprarem um brinquedo, tendo ela uma outra coleção em casa. Viro-me para a direita, está um menino e a sua mãe sentados no chão, com uma simples manta pelas costas, à espera que uma alminha bondosa, lhes dê algo, que lhes permita sobrevivência. Mas não, a maioria das pessoas passa e ignora-os, como se fossem lixo atirado para o chão. É medonho! É medonho que esta gente não tenha um pingo de humildade e ``amor ao próximo´´! Verdadeiramente assustador! Às vezes, fazemos dramas com situações tão simples e ridículas, esquecendo que muita gente do mundo alheio está a morrer, enfraquecer, sem pão nem água na mesa, sem uma muda de roupa, sem um banho para tomar, até mesmo sem um amigo para brincar. Tudo é assim tão difícil, porque, simplesmente as pessoas s…

Dia Internacional da Erradicação da Pobreza - trabalhos dos alunos

Imagem
Os textos  foram elaborados por alunos do 9.º ano e divulgados nas atividades comemorativas do Dia Internacional da Erradicação da Pobreza, levadas a cabo na Biblioteca da escola sede do agrupamento, no dia 17 de outubro de 2012.


Visitas Guiadas à BE - Formação de utilizadores

Decorre, esta semana, a formação de utilizadores de 5.º ano, com visitas guiadas à Biblioteca Escolar (BE). Esta atividade tem o objetivo de informar os alunos, que vêm pela primeira vez para a escola sede do Agrupamento de Escolas de Samora Correia, acerca do funcionamento, das normas e das funcionalidades da BE. Aos alunos, será facultado um guia do utilizador.

Dia Internacional da Erradicação da Pobreza - 17 de outubro

Imagem
Na próxima 4.ª feira, comemora-se o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza e a equipa da Biblioteca da Escola Prof. João F. Pratas vai dinamizar algumas atividades, com o objetivo de alertar a sua população escolar para este flagelo mundial. Participa!

Concurso "Batiza o Blogue"

Ora viva! Estamos de volta e desejamos a todos um bom ano letivo. Este ano, decidimos batizar o nosso blogue com um nome criativo e divertido. Para isso, a equipa das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Samora Correia está a dinamizar um concurso, cujo regulamento podes consultar nas escolas do 1.º ao 3.º ciclos. Participa! Quem sabe não é a tua proposta a selecionada!